domingo, 28 de março de 2010

Remember Me


Hoje fui no cinema com a melhor amiga assistir ao filme "Remember Me" (o título em português é Lembranças). Eu já não tinha grandes opções para ver no cinema, porque a maioria dos títulos eu já tinha visto, e esse era um dos únicos em cartaz que ainda eram inéditos para mim. Mas acabei optando por vê-lo, embora admita que, com todos os maus comentários da crítica, estivesse meio receosa de perder o meu tempo.

SURPRESA! Acho que ser crítica de cinema defitivamente não é lá uma carreira muito boa pra mim, porque eu discordo da maioria. Com Remember Me não foi diferente.

Não queria me deparar com um bando de fãs loucas e escandalosas do Pattinson e nem com um roteiro pobre e água com açucar, e acho que me surpreendi com isso.

É um drama bem construído. Tem picos bem altos de emoção e boas surpresas (Pattinson é uma delas, que foi criticado pela atuação, mas eu achei espetacular. Principalmente a cena em que ele discute com o "pai", Pierce Brosnam no meio de uma reunião de trabalho).

O filme trata da história de Tyler, um jovem problemático, que fuma e bebe como um louco, e é atormentado pela morte precoce do irmão. Tyler tem uma relação bem complicada com o pai (Brosnam), e vive se metendo em encrencas. Em uma delas, acaba indo parar na cadeia por agredir e provocar um policial. Para se vingar, ele se envolve com a filha do cara (Emile De Ravin), tentando pensar numa forma de atingi-lo. Só que ele percebe uma coisa em comum com ela: o fato da garota também ser atormentada por uma tragédia que, nesse caso, é o assassinato da mãe. Resultado: os dois se apaixonam.

Não vou entregar mais nada do filme a não ser a sinopse porque queria muito que todos vissem. No decorrer da trama, uma série de coisas acontece (a irmã de Tyler sofre bullying no colégio, ele tem mais problemas com o pai, etc etc). Mas acho que o ponto mais alto do filme é justamente o final, que é tão surpreendente, e tão chocante que me deu até aquela náusea que bate sempre quando a gente é atingido por uma forte emoção. É, eu sou extremamente sensível, e até chorei.

Vale a pena conferir!

sábado, 20 de março de 2010

Patinhas e carinhos

Todos os finais de semana o meu despertar é praticamente igual. O tal ritual só não se repete nos dias semanais por causa do despertador ensurdecedor que me acorda anunciando que a hora de ir para a faculdade chegou.
Nos sábados e domingos de manhã, mais ou menos umas nove horas, eu acordo. Barulhinhos de pequeninas unhas surgem, arranhando o carpete de madeira branca. As unhas pertencem a minúsculas patinhas, e o barulho feito no carpete possui uma sincronia quase musical. Eu sorrio ao ouvi-lo caminhar para a cozinha, e escuto um leve barulhinho de água. Ele está com sede.
Quando já me preparo para dormir outra vez, eis que o barulhinho das unhas voltam. Só que dessa vez, a "música" está mais rápida. De olhos fechados e sonolenta, quase não percebo sua minúscula e felpuda silhueta em cima da minha cama. Um lambida no rosto anuncia que é hora de acordar. Eu limpo o resíduo úmido em meu rosto e resmungo mal humorada. No entanto, o mau humor se dissipa assim que eu olho para os pequeninos olhos castanhos, para o focinho úmido e gélido e para a língua que pende para fora de sua boquinha molhada de água. Sua sisionomia é tão feliz que eu não resisto: começo a brincar com ele, acariciando os pelos enormes e brancos que cobrem seu pequenino corpo.

Nunca deixo de pensar nas pessoas que abandonam cachorros pelas ruas. Os motivos são os mais variados, e muito injustificáveis: falta tempo para cuidar, ele bagunça a casa, dá muito trabalho e etc, etc... Mal sabem eles que a natureza canina é ter um dono para chamar de seu, e ter alguém para chamar de companheiro. E toda vez que sofrem abandono, os cães também sofrem um baque enorme que culminam em decepção, depressão e tantas outras coisas tristes e ruins. Muitas vezes morrem atropelados pelas ruas, por carros loucos e motoristas incensíveis que não puxam o freio quando veem a pequenina figura passando pela rua. Mais vale destruir uma vida do que CORRER O RISCO de bater um maldito (porque muitas vezes o risco acaba não acontecendo...). Muitas vezes passam semanas, meses e anos a procura de um antigo dono, que nunca voltará. E morrem de fome, sede, abandono, tristeza.
Um maldito ser humano que abandona uma criatura dessas, certamente nunca se permitiu amá-lo. Dá trabalho cuidar, sim! Mas um trabalho que vale muito a pena. E daí que ele destrói o sofá, come chinelos e mobílias? Cabe a cada dono ter disciplina para criá-lo, para impor limites e dar ordens. E daí que gasta-se muito com comida, potinhos, caminhas, casinhas, ou idas ao veterinário e ao pet shop? Para chegar em casa e dar de cara com uma criatura que sempre faz festa ao te ver, que pede carinho e o dá em troca, que brinca, que late, que não se importa se você está bravo ou bêbado, e até pede desculpas sem ter feito nada, só para estar de bem com seu mau humor injustificável ainda que ele não seja o culpado de nada, todo o gasto vale a pena. Porque é como cuidar de um pequenino filho, um pequeno animal que lhe oferece companheirismo...
Admiro o trabalho de fundações que cuidam de cães e cuidam de suas adoções. Que pegam cães abandonados nas ruas e evitam que estes morram de doenças ou atropelamentos. CONDENO a carrocinha e o ato de tranformar bichinhos em sabão: sempre existe uma forma de cuidar bem deles.
Eu amo cachorros. Tenho um poodle pequenino e bem felpudo aqui em casa que sempre faz festa para todos aqui de casa, que brinca e que dá carinho. Recebe em troca todo amor que podemos lhe dar. E é extremamente feliz.

"Um cachorro não se importa se você é rico ou pobre. Dê a ele seu coração, e ele dará o dele de volta".
Preciso dizer mais?

Ame, cuide, adote!
As recompensas confortam, acalmam e enchem o coração.


Para ler e assistir: Marley & Eu - John Grogan (nem a bagunça louca fez com que o dono desistisse de seu "amado").

sexta-feira, 12 de março de 2010

The Twilight Saga: Eclipse Official Trailer


Agora sim! Finalmente foi disponibiliazado na internet o trailer oficial de Eclipse, e que não tem só 10 segundos haha!

Se a gente já roía as unhas de nervoso por causa dos dez segundos disponibilizados, agora então os nervos estão a mil! O triângulo amoroso entre a humana Bella, o vampiro Edward e o lobisomen Jacob (Taylor Lautner está com o tanquinho mais espetacular do mundo!) promete deixar as fãs loucas... O que você escolheria: passar a eternidade ao lado de um vampiro, ou viver ao lado de um lobisomem?

O filme tem estreia mundial prevista para o dia 30 de junho. Vamos fazer a contagem regressiva!!


Link abaixo do trailer abaixo:



quinta-feira, 11 de março de 2010

Alma e Sangue


Tá que eu tô postando direto da aula de jornalismo, e tô deixando de ouvir algumas informações repetitivas, mas vale a pena postar daqui... =]
Estava lendo os posts dos blogs que eu sigo e me deparei com uma das atualizações da escritora maranhense Nazarethe Fonseca. E aí, me senti no direito de fazer um post sobre suas publicações...
A saga "Alma e Sangue" tem uma fórmula bem atraente: a irresistível história de amor entre uma humana e um vampiro. Quem ouve isso deve pensar que o livro deve ser apenas mais uma réplica de "Crepúsculo", mas não tem absolutamente nada a ver. Juro!
Ao contrário da protagonista Bella de Crepúsculo, que é bem delicada e ás vezes não esboça muitas expressões, Kara Ramos tem um personalidade bem forte e pavio curto, bem aqueles gênios explosivos de quem não leva desaforo pra casa. No primeiro volume, "O despertar do Vampiro", Kara trabalha como restauradora, e recebe a missão de arrumar um casarão bem judiado em São Luiz. Só que o imprevisível acontece: ela acaba despertando o vampiro Jan Kman, que há anos esteve adormecido na casa. Jan sequestra Kara e transforma a vida dela num inferno. Mas acaba se apaixonando pela humana, que o corresponde. Um dos pontos altos da trama é a irresistível relação de amor e ódio, que não deixa que o leitor jamais caia no tédio. O confronto com o vampiro Gustave, rival de Jan que quer possuir Kara de qualquer jeito, também tira o fôlego.
Em "O Império dos Vampiros", o casal enfrenta mais um perigo: Kara escreve um manuscrito sobre sua relação com Jan. O problema é que o manuscrito é roubado e vai parar em mãos erradas. E agora, ela tem um acerto de contas com vampiros mais poderosos, que podem destruir sua vida num piscar de olhos.
Me apaixonei pelos dois livros, e já espero pelo terceiro, "O pacto dos Vampiros", que tenho certeza que não vai deixar a desejar. E devo dizer que fiquei extremamente orgulhosa por uma escritora brasileira ter feito uma trama tão deliciosa que supera até mesmo os best-sellers americanos. Adoro "Crepúsculo", "Diários do Vampiro" e tantas outras histórias sobrenaturais da atualidade, mas "Alma e Sangue" conseguiu acrescentar um temperinho a mais...
Para mulheres que adoram o típico vampiro bonito e sedutor, Jan Kman faz jus às nossas expectativas: loiro, olhos azuis, francês, cavalheirismo clássimo contrapondo sua crueldade, seduz como ninguém e não toma o mínimo cuidado quando o assunto é "pegar" a protagonista de jeito.
Precisa de mais?
Recomendo pra todo mundo.
Boa leitura!
Ps: a escritora mantém um blog, onde publica textos pessoais e posts sobre a saga. Vale a pena conferir. Nazarethe também responde a maioria de seus comentários.
O link do blog dela está aqui:

quarta-feira, 10 de março de 2010

The Twilight Saga: Eclipse
















Para os fãs da saga "Twilight" (como eu) uma boa notícia: foi disponibilizado na rede um trailler de apenas dez segundos do terceiro filme da saga, "Eclipse". Apesar de curto, o trailler é o suficiente para deixar os fãs roendo as unhas de ansiedade...

A estreia de "Eclipse" está prevista para julho de 2010, época das férias de verão nos Estados Unidos (uma boa estratégia de marketing da produção). Enquanto o filme não estreia, o jeito é ir acompanhando as novidades através de fotos, traillers e, claro, coletiva de imprensa. Vale reler o livro para melhor acompanhar a história nas telonas.

Em "Eclipse", a protagonista Bella Swan está a um passo da imortalidade. Mas como a mocinha da história nunca tem sossego, novos perigos serão enfrentados: a vilã Victoria está com mais sede de vingança do que nunca e fará de tudo para destruir Bella, tentando devolver a Edwartd Cullen a dor de perder o namorado de James no primeiro volume, "Crepúsculo". Além disso, Bella terá de arcar com as consequências de seus atos: o triângulo amoroso entre ela, Edward e seu melhor amigo, Jacob Black, estará mais forte do que nunca, e ela terá de fazer uma escolha. Enquanto isso, vampiros e lobisomens criam uma aliança para proteger a jovem humana do ataque de vampiros, assim como do clã italiano Volturi, tido como a realeza vampira, que matarão Bella caso ela não seja transformada no prazo estipulado.

O longa conta com a direção de David Slade, o mesmo diretor do terror "30 dias de noite".


Abaixo, o trailler disponibilizado na internet:

video

Avatarize Yourself

Com o sucesso absurdo de Avatar, um site disponibilizou uma brincadeira divertida na qual você pode carregar suas próprias fotos e conferir como você seria na versão "Avatar". Os resultados são bem engraçados!

Para participar da brincadeira, basta acessar o link abaixo e seguir todos os procedimentos exigidos. É bem fácil e prático.

Link:

http://www.avatarizeyourself.com


AVATARIZE YOURSELF, TOO!

segunda-feira, 8 de março de 2010

O homem e a mulher

O HOMEM E A MULHER, por Victor Hugo

O homem é a mais elevada das criaturas.
A mulher é o mais sublime dos ideais.

Deus fez para o homem um trono.
Par a mulher, um altar.
O trono exalta.
O altar santifica.

O homem é o cérebro; a mulher é o coração.
O cérebro fabrica a luz; o coração produz amor.
A luz fecunda.
O amor ressuscita.

O homem é forte pela razão.
A mulher é invencível pelas lágrimas.
A razão convencem.
As lágrimas comovem.

O home é capaz de todos os heroísmos.
A mulher, de todos os martírios.
O heroísmo enobrece.
O martírio sublima.

O homem tem a supremacia.
A mulher, a preferência.
A supremacia significa a força.
A preferência representa o direito.

O homem é um gênio; a mulher um anjo.
O gênio é imensurável; o anjo, indefenível.
Contempla-se o infinito.
Admira-se o inefável.

A aspiração do homem é a suprema glória.
A aspiração da mulher é a virtude extrema.
A glória faz tudo grande.
A virtude faz tudo divino.

O homem é um código.
A mulher, um evangelho.
O código corrige.
O evangelho aperfeiçoa.

O homem pensa.
A mulher sonha.
Pensar é ter num crânio uma larva.
Sonhar é ter na fronte uma auréola.

Um homem é um oceano.
A mulher, um lago.
O oceano tem a pérola que adorna.
O lago, a poesia que deslumbra.

O homem é a águia que voa.
A mulher é o rouxinol que canta.
Voar é dominar o espaço.
Cantar é conquistar a alma.

O homem é um templo.
A mulher é o sacrário.
Ante o templo nos descobrimos.
Ante o sacrário nos ajoelhamos.

Enfim, o homem está colocado onde termina a terra.
E a mulher onde começa o céu.

Oscar 2010

Vou confesar que esperava algumas coisas no Oscar de 2010 que acabaram não acontecendo. Na verdade, só esperava uma coisa: que "Avatar" fosse o grande campeão da noite e levasse mais prêmios que "Guerra ao Terror", filme ainda pouco conhecido no Brasil.
"Guerra ao Terror" possui um roteiro típico dos filmes de guerra norte americanos (aqueles em que os soldados são consagrados como herois...). Aqui no Brasil, ele nem tinha passado pelas telonas e foi direto para os DVD's, até surgirem notícias sobre as indicações ao Oscar, que empatavam com o favorito da noite, "Avatar", e assim o filme foi mandado à telonas com um certo "atraso". O mais curioso de tudo é que os dois filmes não só competiam pelos roteiros completamente diferentes (um fala daquela guerra bem fenomenal que todos conhecemos, e o outro tem uma característica bem fantástica, com efeitos especiais fantásticos e história inclinada para a elevação da natureza e aos povos que vivem em harmonia com ela): tratava-se de uma disputa entre diretores que já foram casados um dia. Sim, porque James Cameron, de "Avatar", foi casado com a diretora Kathryn Bigelow, de "Guerra Ao Terror". Mas disputas à parte, reza a lenda de que os dois ainda são muito amigos e que inclusive estavam torcendo muito pela vitória um do outro.
Mas que o resultado não deixou de surpreender, isso é fato: "Avatar", com toda aquela tecnologia do cinema contemporâneo, era o grande favorito da noite... Mas quem levou seis estatuetas douradas para casa foi mesmo "Guerra ao Terror", que levou inclusive os prêmios mais importantes da noite: melhor filme e melhor direção, para Bigelow (aliás, a primeira vez na história do cinema que uma direção feminina leva uma estatueta do Oscar para casa).

Outra coisa que chamou bastante atenção foram os looks da noite. Mas nisso a gente presta atenção desde os primórdios do tapete vermelho, né...
Não deixo de alfinetar, pela 85768464 vez, o look duvidoso de Jennifer Lopez num vestido muito extravagante e cheio de badulaques, o look da linda Charlize Theron, cujo vestido tinha um detalhe meio esquisito nos seios, o look sempre exagerado de Mariah Carrey, e o esquisitão de Zoe Saldana cheio de detalhes desnecessários.
Para mim, os melhores looks foram os das atrizes Sandra Bullock, Anna Kendrick, Kristen Stewart, Penelope Cruz e Demi Moore, além da jovem cantora/atriz Miley Cyrus.
No link abaixo da Globo, é possível acessar uma galeria de fotos com os looks do Oscar, além de uma cobertura completa do que aconteceu na grande noite do cinema.

http://ego.globo.com/Gente/Eventos/0,,LEV164-9806,00-OSCAR.html





MORTE PRECOCE

Mudando completamente de assunto e vindo para as novelas da Globo, morreu na madrugada de sábado (dia 6), o ator Dener Pacheco. Dener tinha participado da novela "Caras e Bocas" de Walcyr Carrasco, onde fez par romântico com a atriz Sophie Charlotte. O ator teve câncer de estômago e pulmões, que já estava em estágio avançado quando descobriu a doença. Tinha apenas 28 anos, carreira promissora e beleza estonteante...

http://g1.globo.com/Noticias/PopArte/0,,MUL1518337-7084,00-MORRE+O+ATOR+DENER+PACHECO+DA+NOVELA+CARAS+E+BOCAS.html

FELIZ DIA DA MULHER!

Para todas as mulheres do mundo, de todas as tribos, todas as religiões, todos os estilos, todas regiões, todas personalidades, toda beleza... Enfim, para todas as mulheres do mundo: felicidades nesse dia feito exclusivamente para nós, que combatemos o machismo, que lutamos por nossos direitos, que batalhamos por um lugar ao Sol, que vamos em busca de nossos sonhos, sem nunca sermos intimidadas, que somos inteligentes, que somos loucas e insanas, que vivemos intensamente...
Por que afinal de contas, a gente merece isso... E muito mais! =D

sexta-feira, 5 de março de 2010

Exposição "Mulheres de Verdade"

O shopping Market Place está de cara nova...
Não, eles não estão com nenhuma reforma em andamento ou nada do tipo. Trata-se da exposição "Mulheres de Verdade", na qual estão expostas diversas fotografias de famosas numa espécie de "antes e depois": uma totalmente produzida, e outra completamente ao natural.
Entre as "modelos" fotografadas para o projeto, estão a top Isabelli Fontana, a apresentadora Angélica e a atriz Deborah Seco, além de Juliana Paes, Carolina Ferraz e Fernanda Lima.

A exposição ficará disponível até o dia 8 de março - sim, o Dia Internacional da Mulher. Forma interessante de homenagear a data, não?

O shopping Market Place localiza-se na Av. Dr. Chucri Zaidan, 902; próximo ao Shopping Morumbi, em São Paulo.

Atrávés do link abaixo, da revista Quem, é possível verificar uma galeria de imagens que traz uma "prévia" da exposição.

http://revistaquem.globo.com/Revista/Quem/0,,GF80158-17290,00.html#fotogaleria=1


E aí, você prefere "com maquiagem" ou ao "natural"?

Kings of Leon para Surface to Air

A Surface to Air Brasil disponibilizou no blog de seu site oficial a coleção de roupas e acesórios assinada pela banda Kings of Leon (uma das melhores da atualidade - amo esses caras!).

A coleção é bem bacana! Vale a pena dar uma conferida!


E pelo o que eu conferi no site, as peças já estão disponíveis para vendas.





Mais no link:
http://www.surfacetoair.com.br/blog/?p=1891





"Let's wear some clothes instead of 'use somebody'" ;D